segunda-feira, 22 de agosto de 2011

A saudade vem.


De repente a saudade vem...
saudade de um tempo, de um perfume, de uma música...
Saudade de um sorriso, de um olhar, de uma voz...
saudade de um gesto, de um lugar, de uma promessa...
Saudade de um sentimento, de uma vibração, de um encontro.
Saudade do corpo que dança, que aquece, que aconchega...
Saudade da voz que chama, que ama, que canta e encanta...
Saudade de uma certeza, de uma confiança, de uma descoberta...
Saudade de um sabor. Saudade de um amor...
Saudade...
Saudade de você!

Célia Cristina Prado




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Agradeço imensamente sua visita e seu comentário, são realmente muito importantes para mim. Seja sempre bem vindo! Beijinhos