quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Café esfria, sabia? ...


(...) E os sentimentos também.

Não que não doa mais, apenas não dói com a intensidade de antes e,  já me acostumei com a pequena dor latejante que insiste em ficar, para me lembrar de como a dor anterior foi intensa e de que, posso voltar a senti-la. E o tempo passa e as nossas feridas começam a cicatrizar, e de certa maneira a dor vai “cessando” até chegar ao seu fim, ou melhor, se espera que chegue.
   Enquanto espero os meus “ferimentos” sararem, comecei a sorrir, comecei e continuo a sorrir, para as minhas mágoas, e aos poucos elas se vão! Nada permanece intacto por muito tempo, tudo flui. 
 O meu café já esfriou e, as minhas mágoas também. (...)
Andressa Guedes

2 comentários:

  1. Es cierto; todo fluye, como la vida misma y las ausencias y nostalgias desaparecen para dar paso a alegrías y nuevas sensaciones.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  2. Exatamente isso Pedro.
    Fico contente por sua visita aqui. Bjs

    ResponderExcluir

Olá! Agradeço imensamente sua visita e seu comentário, são realmente muito importantes para mim. Seja sempre bem vindo! Beijinhos