domingo, 22 de abril de 2012

O amor se faz.



Nos seus braços encontro o calor,
no aconchego que me envolve,
no encanto que me fascina,
me chamando para o amor.

Entrego-me aos seus carinhos,
sinto suas mãos deslizarem por mim,
pela pele em chamas,
pelos cabelos em desalinho.

Perco aos poucos o ar,
os suspiros invadem meu peito,
sinto-te tão próximo,
tão deliciosamente presente.

E assim, o calor se intensifica,
o encanto do momento toma conta,
os suspiros tornam-se únicos,
e o amor se faz total.

Célia Cristina Prado 

Um comentário:

  1. Meu amor, Você é a revelação do seu blog e quem se sente feliz é todos que aqui adentram para compartilhar desta magnífica poesia, Linda e de sentimento puro e sincero tirando suspiros...
    Um grande beijo.
    Edison

    ResponderExcluir

Olá! Agradeço imensamente sua visita e seu comentário, são realmente muito importantes para mim. Seja sempre bem vindo! Beijinhos