quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Coragem e vitória



Sozinho, vou aprender
A ser quem eu sou:
Sou coragem quando tento,
Sou vitória quando posso.
Descubro-me,
E, me sinto mais vivo;
Aventuro,
Quando quero ser livre;
Eu chego perto,
Quando sigo o meu sonho.
Algumas vezes,
Procuro o vosso mundo real,
Pois, ensinam-me insistentemente
A ser quem eu não sou.
Porém, agora,
Eu preciso viver,
Pois eu já acordo,
Para sonhar.
Sozinho,
Posso fazer o que devo.
No seu mundo,
Viverei como puder:
Serei vitória,
Porque tento.
Serei coragem,
Porque posso.

Durval Moura


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Agradeço imensamente sua visita e seu comentário, são realmente muito importantes para mim. Seja sempre bem vindo! Beijinhos