quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Compartilhar a vida.

"Acredito nas pessoas, sobretudo! Acredito no amor e no desejo real que temos de sermos felizes, sem máscaras."

Assim, arrisco-me a afirmar que precisamos mudar nossos desejos, adequá-los e vinculá-los a objetivos mais coerentes. Repetimos o tempo todo: 'eu adoro conhecer gente nova, fazer novos amigos'.
Gente, eu não tenho absolutamente nada contra conhecer gente nova, mas será que este é um objetivo coerente?

E as pessoas que já conhecemos? Precisamos aprofundar as relações, criar laços... e isso requer tempo, dedicação, disponibilidade. Isso requer sentar muitas vezes num sofá, tomar um café, conversar, trocar confidências, falar de coração aberto... isso sim é felicidade.

Compartilhar a vida, não de forma superficial e mascarada, mas de maneira mais profunda e humana.

Rosana Braga - Revista Histórias Para Viver Feliz 12.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Agradeço imensamente sua visita e seu comentário, são realmente muito importantes para mim. Seja sempre bem vindo! Beijinhos