sábado, 1 de setembro de 2012

Sou eu...



Sou eu...
A fragilidade misturada com a força.
A simplicidade.
A alegria nas pequenas coisas.
A perseverança.
A fé.
O sorriso sincero.
O olhar amigo.
O amor verdadeiro, inteiro.
A confiança cega.
A loucura.
A dor.
A lágrima que insiste em cair.
A aversão à inveja.
A explosão.
A espera.
A raiva contida, analisada, trabalhada.
O silêncio.
O grito de dor.
O perdão.
E novamente o amor...
à Deus,
à mim mesma,
à vida,
e ao próprio amor!

Célia Cristina Prado

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Agradeço imensamente sua visita e seu comentário, são realmente muito importantes para mim. Seja sempre bem vindo! Beijinhos